18 de setembro de 2012

Comunicado da Cicloficina dos Anjos


No passado dia 17 de Setembro, num texto assinado por João C. Rodrigues no Correio da Manhã, foram feitas alusões difamatórias aos elementos da colectividade RDA 69, espaço no qual a Cicloficina dos Anjos funciona semanalmente há um ano e 6 meses.

Genericamente, o RDA 69 é retratado como um albergue de perigosos radicais e anarquistas que surgem nas manifestações instigando e encabeçando as demonstrações de violência para com as autoridades. Estas afirmações, tal como outras escritas pela "jornalista" Valentina Marcelino no DN, são de uma absoluta falsidade e irresponsabilidade. Também se afirma que 4 elementos do RDA foram detidos, o que é completamente falso: o número real é 0.

A Cicloficina dos Anjos tem funcionado graças à cedência gratuita de uma parte do espaço do RDA 69. É graças a esse espaço de armazenamento de ferramentas e peças de bicicleta e ao próprio esforço dos seus membros que a Cicloficina dos Anjos tem agremiado novos voluntários e uma procura crescente por parte da comunidade ciclista de Lisboa, cujo funcionamento foi já coberto por autênticos jornalistas do Público e da TVI e que a Junta de Freguesia dos Anjos tem publicitado e apoiado publicamente. É, em última análise, a razão pela qual receberemos o galardão do prémio de mobilidade 2012 da FPCUB

Queremos pois dar testemunho da nossa sã convivência com a associação RDA 69 e todos os seus elementos, bem como manifestar o nosso repúdio por um jornalismo difamatório e tendencioso. As portas do RDA 69 e da Cicloficina dos Anjos continuarão abertas todas quartas-feiras para quem queira ver a realidade com os seus próprios olhos. 

Cicloficina dos Anjos

Sem comentários: