14 de dezembro de 2011

Fotos da primeira cicloficina de Dezembro

Na ressaca da pós-festa, fomos brindados nesta cicloficina com várias personagens ilustres.

Ei-los:

O Adelino Ferreira, português de Setúbal que pedala há 8 anos por essa Europa fora.


Tivemos o prazer de arranjar a sua bicicleta; como o caracol, esta tem sido a sua casa, apesar de se já ter partido por duas vezes, tendo pois de ser soldada. Esta carrega 67kg de peso, entre tachos, roupa, utensílios, recordações dos países por onde passou, vários amuletos e apetrechos decorativos que todos somados ilustram esta enorme experiência que é dar ao pedal como forma de vida.


Também contámos com o Manu, um cliente que achou uma bicicleta abandonada na estrada e resolveu-se a usá-la como meio de transporte. Além de ferramentas, de um suporte próprio e de muita vontade, o Manu também trouxe uma simpática cadela e algumas materiais para a Cicloficina dos Anjos.



Reparar a bicicleta do Manu foi um bocado exigente, mas acho que lhe demos um bom avanço.



Para isso também contámos com uma visita do ilustre mestre Chicarini; o Chicarini está em Portugal há cerca de 7 anos e trabalha numa das lojas de bicicletas mais antigas de Lisboa, em Alvalade. É uma daquelas lojas que ainda preserva o carácter de bairro e de atendimento personalizado e que sabe sempre dar um novo olhar ou uso a qualquer avaria.


A sua experiência e conhecimento são impressionantes, e o Manu teve a sorte de apanhar tamanho talento na arte de arranjo de bicicletas. Ora vejam:





Pela primeira vez também usámos um berbequim, graças ao conhecimento e preciosismo do mestre João Marques em arranjar um parafuso para um travão de alavanca de uma bicicleta comprada em Macau. Infelizmente o João magoou-se graças a uma tampa de esgoto fora do lugar e partiu um pé...as melhoras João!



No meio deste trabalho todo, dois indivíduos desconhecidos distraíam-se com outras coisas.


2 comentários:

pedalofilo disse...

fixe que a clonagem da peça do travão tenha funcionado!

e já, agora... acho que esses indivíduos não são totalmente desconhecidos...
Tão ẽ muito é frente! No calendário já vão em 2012, e quase quase que tão à frente também do mesmo (o que seria chato).

João Branco (JORB) disse...

ah grande pedalófilo!